A Forma da Água (2018) Dublado Dual Audio BluRay 720p e 1080p – Torrent

download A Forma da Água (2018) Dublado Dual Audio BluRay 720p e 1080p - Torrent torrent

Título Traduzido: A Forma da Água
Titulo Original:
 The Shape of Water
IMDb: 8,2/10
Lançamento: 2018
Gênero: Aventura, Drama, Fantasia
Formato: MKV
Qualidade: BluRay 720p, 1080p
Idioma: Português, Inglês
Legenda: Português
Tamanho: 1.2 GB, 2 GB
Duração: 1h 44 Min.
Qualidade do Áudio e Vídeo: 10
Download via: Torrent

[box type=”note” radius=”10″]VENCEDOR DO OSCAR 2018 COMO MELHOR FILME E MELHOR DIRETOR download A Forma da Água (2018) Dublado Dual Audio BluRay 720p e 1080p - Torrent torrent

SINOPSE: Década de 60. Em meio aos grandes conflitos políticos e transformações sociais dos Estados Unidos da Guerra Fria, a muda Elisa (Sally Hawkins), zeladora em um laboratório experimental secreto do governo, se afeiçoa a uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local. Para executar um arriscado e apaixonado resgate ela recorre ao melhor amigo Giles (Richard Jenkins) e à colega de turno Zelda (Octavia Spencer).
A Forma da Água (2018) Torrent Dublado Baixar Link Direto

DOWNLOAD

Caso haja algum problema de reprodução: K-Lite-Codec-Pack


:: DUAL AUDIO ::

BluRay 720p Dual Áudio (MKV) | 1.2 GB
download A Forma da Água (2018) Dublado Dual Audio BluRay 720p e 1080p - Torrent torrent
BluRay 1080p Dual Áudio (MKV) | 2 GB
download A Forma da Água (2018) Dublado Dual Audio BluRay 720p e 1080p - Torrent torrent

download A Forma da Água (2018) Dublado Dual Audio BluRay 720p e 1080p - Torrent torrent

E eis o grande vencedor do prêmio de melhor filme do Oscar. Assisti pouco tempo antes da cerimônia e realmente temos que concordar que é um trabalho sólido de Del Toro, desde seu O Labirinto do Fauno. Gosto de todos que vi do diretor, não acho nenhum ruim e aqui Del Toro criou um filme que, embora não seja totalmente original consegue mostrar a sua autoria e tudo é muito bem feito. Desde o elenco, passando pela belíssima direção de arte até sua trilha composta por Alexander Desplat, o filme tem um aspecto sessentista, em plena Guerra Fria em que surge um romance inusitado e fantasioso entre uma muda chamada Elisa (Sally Hawkins) e uma criatura descoberta em um mar da América do Sul (Doug Jones). O clima de fantasia aliado à trilha faz nos recordar um pouco Amélie Poulain. Todo o elenco esteve muito bem. Sally Hawkins interpreta com grande competência uma muda que não sente totalmente à vontade entre os colegas e encontra na criatura o seu espelho. Octavia Spencer faz Zelda, em uma atuação também que não incomoda, uma personagem amiga e sempre disposta a ajudar. Michael Shannon faz um vilão intimidador e desfila seu racismo ao explicar palavras que acredita que Zelda não seja capaz de entender pela sua raça e se mostra um “cidadão de bem”, íntegro, competente, mas que só mostra mais a sua vilania. Richard Jenkins, ator que gosto muito, em sua amabilidade de sempre, um personagem sensível, homossexual que tenta encontrar um amor igual a sua amiga Elisa, ambos fãs de cinema e música. E Michael Stuhlbarg em um papel menor mas que não atrapalha o andamento da trama. É uma fantasia adulta, com sangue, sexo e nudez e é muito bom ver um filme que flerta com o terror às vezes receber um prêmio máximo no Oscar, academia que tem um desdém com filmes de terror. Um trabalho honesto e um Del Toro em excelente forma.

Updated: 9 de outubro de 2019 — 07:16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *